domingo, 21 de agosto de 2016

Desaparecido para Sempre

Por: Ingrid Moreira


Esse livro foi uma experiência inusitada. Nunca havia lido nenhuma das obras do autor e embora já tenha visto seus livros nas prateleiras, não me saltou aos olhos, porém ao ganhar de uma amiga e depois de certa preguiça para começar a leitura, a primeira coisa que pensei foi: PORQUE DEMOREI TANTO PARA LER ISSO GENTE!!!!

Normalmente não me importo muito com críticas de outros escritores ou jornalistas que vem na contracapa do livro, mas ao terminar a leitura tive que dar crédito, pois ele tirou as palavras da mina boca sobre o que foi esse livro:

“... O suspense cresce aos poucos e o desfecho deixará até o mais experiente leitor surpreso e chocado.” Bookpage

Aqui encontramos Will Klein, um homem que está lidando com uma perda familiar e tem uma atordoante revelação – seu irmão que fora acusado de assassinato há 11 anos, e que achavam que estava morto, na verdade só está “escondido”.

Em meio a um cenário de assassinato e conspiração, temos a busca em montar esse quebra-cabeça rodeado de suspense e da tentativa desesperada de um irmão em provar a inocência de outro.

Já li livros no estilo policial/investigativo, onde temos profissionais experientes sempre procurando pistas e detalhes imperceptíveis aos olhos de pessoas naturais.  Mas em Desaparecido para sempre temos um cara simples, que leva a vida seguindo suas rotinas diárias, e se vê diante de um mistério, onde inicialmente ele não tem pistas, informações, dados, ou seja, sem nenhum sinal de onde seu irmão poderia estar e como descobrir o verdadeiro assassino de Julie Miller.

Ao transcorrer das páginas somos apresentados a diversos personagens, de forma superficial, com seus problemas sociais que se veem frente a decisões complexas. O escritor vai inserindo informações e nos dando dicas para tentar descobrir o que todos querem saber: quem é o “vilão” da história?

Harlan consegue nos deixar totalmente perdidos e confusos, cada vez que uma nova pista é lançada, e o melhor de tudo é que ele consegue te deixar de queixo caído com o final. SÉRIO, EU VOLTEI DUAS PÁGINAS E LI NOVAMENTE PORQUE NÃO ACREDITEI!! Quando você termina o livro, acaba se sentindo um idiota por não ter percebido quem era o assassino.

Com um emaranhado de fatos, você consegue ficar roendo as unhas para saber o final, onde os personagens tem que lidar com traição, segredos, mentiras e laços que estão desmoronando.

Quero muito ler outro livro de Harlan Coben, pois para quem gosta de thriller não irá se arrepender dessa leitura. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário