Páginas

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Princesa das Águas

Por: Ingrid Moreira

Era uma vez uma princesa. Ela vivia em um reino onde tinha tudo que queria. Quer dizer, o que achavam que ela queria.”

Para a semana das crianças vim com um clássico conto de fadas... só que meio atualizado. Isso mesmo, Paula Pimenta vêm com aquele era uma vez que todas as idades já ouviram falar, só que trazendo a modernidade com um cenário que foi destaque esse ano... os Jogos Olímpicos.

E se você já leu ou viu a história original, ficará encantado em como a autora soube encaixar as referências no mundo moderno. 

Aqui encontramos Arielle Botrel, uma nadadora profissional, que aos 16 anos terá a oportunidade de participar do maior evento de esporte mundial – As Olimpíadas. Ter a honra de participar dos jogos em seu próprio país seria maravilhoso, se não tivesse tão frustrada com sua vida.

O grande problema de Arielle é não ter vida social, seu dia é resumido apenas em: escola – treino – casa. E como toda adolescente isso não é bem o que ela sonha, afinal ela  só quer ter seus momentos de curtição e um pouco de liberdade, além de sua vida de atleta. A questão é, que seu pai e o treinador não lhe permitem tais regalias, e isso não é bom para qualquer ser humano, não acham?

Com cinco irmãs mais velhas que decidiram seguir a carreira de sua mãe (cantora), ela tem todas as expectativas do pai lançadas sobre ela, e para melhorar tudo, um acidente com um certo gatinho é o início de um avalanche que faz a mente e a vida dela virar um turbilhão e ela tem que sambar para não deixar a bomba explodir bem em cima da competição, e é nesse momento onde começamos a mergulhar nesse clássico maravilhoso, que recomendo para todas as idades.

Foi muito gostoso ler esse livro – principalmente por Ariel ser minha princesa favorita, claro que também adoro a Mulan... mas enfim – ele aborda questões que muitas crianças e adolescentes passam, e que serve até de alerta para os pais. Será que seguir os passos do pai/mãe é mesmo a melhor opção? Quando algo que você ama fazer deixa de ser hobby e passa a ser obrigação? Será que as crianças de hoje não tem atividades demais, que as fazem amadurecer rápido demais, devido a tanta pressão?

Essas são algumas das questões abordadas nesse livro, claro com aquele toque romântico do era uma vez. Paula Pimenta nos presenteia com a história de uma nadadora olímpica que está descobrindo um mundo ao qual ela estava totalmente “fora d’água”.

Um último detalhe, essa capa sem dúvidas foi uma das mais fofas que tenho na minha pilha de livros. Aé durante a leitura, também encontraremos outras princesas.... Sem dúvida terei que comprar o resto da série Princesas Modernas para ter na minha estante *--*  e saber como a história de cada uma foi modernizada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário