Páginas

quinta-feira, 16 de março de 2017

Cilada para um marquês

Por: Camila Santos.
  



Seraphina, Sesily, Seleste, Seline e Sophie as Irmãs perigosas ou se preferir Cinderelas borralheiras”. Assim são conhecidas as irmãs Talbot no meio aristocrático de Londres nos século XIX. Após seu pai adquirir um título de nobreza por conquistar sua riqueza como comerciante em Cumbria, as cinco irmãs ficaram conhecidas, depois da mudança para Londres, por se envolverem em romances escandalosos e com uma certa ajuda do tabloide inglês “Escândalos e Canalhas”, que sempre tem algum artigo fazendo chacota das jovens.  

Dentre elas a irmã caçula Sophie, que é gente como a gente e odeia toda essa situação e essas pessoas que não as aceitavam pelo simples fato de não terem nascido com sangue azul Afinal de contas não importava tanto assim se você tinha dinheiro, não ter berço e modos refinados para a sociedade daquela época, era motivo pra não te reconhecerem e disso nós já sabemos.  

Nesse romance Sophie é a nossa protagonista, inteligênte, decidida, corajosa e louca por livros (eu disse que ela era como a gente, lembram?), ela esta cansada de toda essa vida de aparências e fofocas onde ela simplesmente não queria estar, e não sente que é seu lugar. Sophie é conhecida como a mais sem graça das irmãs o que não faz a menor diferença pra ela, já que ela não se importa nem um pouco com toda essa ladainha social. 

Não se meter nos mesmos escândalos que as irmãs, defender sua família e ler livros são as únicas coisas as quais nossa mocinha se dedica até que decide fugir de volta para o interior, de onde nunca deveria ter saído a fim de se casar com seu amigo de infância e que ela acredita que ainda a espera, e abrir uma livraria. No meio desse caminho ela conhece Rei ou “Canalha Real” como é conhecido o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne – um daqueles canalhas impossíveis de não amar do fundo do nosso coração – que tem a fama de ter desonrado um bom número de moças da aristocracia inglesa. Só por ter esbarrado nele Sophie  se mete em um escândalo, por conta da fama de suas irmãs e do próprio marquês, que faz de tudo para dar credibilidade a sua fama, mas no decorrer da história conhecemos melhor seu passado e caimos loucas de amor por ele até esquecermos todas as “maldades” que ele comete no começo da leitura. 

Eu falaria desse romance a vida inteira se pudesse, ele é apaixonante, os personagens são incrivelmente encantadores e fazem a gente rir o tempo todo com as discussões, sarcasmo e teimosia deles. A escrita da Sarah é sempre maravilhosa, não li muitos livros dela, mas os que li amei, e não pretendo deixar de amar nunca! Ela sempre dá um jeito de trazer suas personagens fortes de forma que nos faça pensar em nosso lugar na sociedade de forma atual, mesmo que a história se passe em um século diferente. MUITO AMOR POR SARAH MACLEAN!!!    


Esse é o primeiro livro de uma trilogia, cada um com uma história sobre casais diferentes, porém que se entrelaçam por algum motivo, razão ou circunstância, então uma dica é ler os livros na ordem de publicação,  bom? Agora, vão lá e podem se apaixonar por esse casal lindo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário