sexta-feira, 3 de março de 2017

Código de um cavaleiro

Por: Ingrid Moreira

Orgulho – Jamais finja que não é um cavaleiro ou tente diminuir-se  porque julga que isso fará os outros sentirem-se melhor. Mostramos maior respeito aos outros ao lhes apresentar o melhor de nós mesmos. ”
Eu não tenho muitas palavras sobre esse livro. Porquê? Porque eu não conseguiria descrever o que cada capítulo me ensinou e me fez refletir e valorizar sobre diversos assuntos. Ao terminar, tive uma imensa vontade de comprar uma caixa fechada desse livro e dar para todos os meus amigos e familiares, pois embora tenha base para uma linha de história essa obra trás em cada capitulo um ensinamento sobre a vida.

A história é passada na época medieval, onde o cavaleiro chamado Thomas decide transmitir, através de cartas, todos os códigos de conduta, moral, e ética que recebeu ao longo de sua carreira e vida para seus filhos, com o objetivo de deixar esses ensinamentos por temer não retornar para casa devido à batalha que estava enfrentando, então começa a por no papel toda sua história.

O legal é que essas cartas foram encontradas no porão da fazenda da família do escritor. Claro, que foi necessário escrever algumas partes para complementar e traduzir os escritos. Mas sem dúvida é uma obra maravilhosa escrita por Ethan Hawke.

Humildade – Jamais declare que você é um cavaleiro, simplesmente comporte-se como um. Você não é melhor do que ninguém, e ninguém é melhor do que você.”

No inicio de cada capitulo podemos contemplar diversos desenhos de aves – que estavam nos escritos originais –  juntamente com uma frase ou parágrafo reflexivo, trazendo ao leitor um momento para parar e pensar sobre suas ações e pensamentos.

Como disse lá em cima não consigo por em palavras todos os sentimentos e sensações que tive ao ler, porém posso informa-los meus caros leitores, que vocês não irão se arrepender de ter um exemplar dessa obra em sua prateleira. Entre outros temas, ele fala sobre perdão, amizade, disciplina, cooperação, justiça, solidão, dedicação, e é através da vivência e cenas que vão ocorrendo na vida de Thomas que ele nos mostra cada título do capitulo, onde seu avô vai lhe treinando e mostrando como é ser um cavaleiro.

Virtude – virtude é a habilidade de aceitar mudança. Seja receptível e maleável; aquele que é inflexível, quebra-se.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário