Páginas

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Para salvar uma vida.

Por: Débora Farias




Dor, culpa, bullying, remorso, amor, amizade, fé e redenção

Se me pedissem para descrever o livro com algumas palavras soltas, com certeza usaria essas.

O primeiro livro da série de mesmo nome Para Salvar Uma Vida, nos traz a história de dois amigos de infância, Jake Taylor e Roger Dawson, a amizade dos dois sempre foi forte até alcançarem a adolescência, onde a vida desses dois amigos/irmãos muda completamente.

Jake Taylor é o típico garoto americano, bonito, astro do time, popular na escola, com uma bolsa de estudos encaminhada e ainda para fechar o pacote uma namorada linda e também popular. Já Roger Dawson, é um garoto jovem, bonito, manco de uma perna, isolado, e que perdeu seu melhor amigo.

O que poucos sabem é que o motivo de Roger ser manco é Jake, ele o salvou de um acidente a anos atrás e isso ocasionou em sua deficiência física. O que Roger não esperava era ser abandonado por quem dizia ser seu irmão, afinal Jake se afastou totalmente dele, por conta da vergonha de seus novos amigos de time e por causa de sua popularidade. Desesperado e um pouco transtornado, Roger faz o que ninguém imaginaria, ele aparece na escola com uma arma em punho e comete suicido na frente de todos.

Após esse fatídico dia, Jake começa a pensar no que poderia ter feito para salvar Roger e a culpa começa a consumi-lo de tal forma que ele acaba perdendo todos os seus “amigos”. Sua vida muda um pouco, quando ele conhece Chris um pastor de jovens que o apresenta a Deus e o mostra que é possível alcançar o perdão e consolo que Jake precisa para sua vida voltar aos eixos.

O interessante nesse livro foram os temas que foram abordados no decorrer das páginas, em Para Salvar Uma Vida os autores Jim e Rachel Britts trabalharam com temas muito fortes como suicídio na adolescência, remorso, culpa, redenção e fé.

O livro não só falou de inúmeros temas, ele veio como uma forma de choque de realidade para o mundo em que vivemos. Ao nos contarem a história de Jake e Roger é possível compreendermos que não podemos viver aéreos ao que se passa ao nosso redor. Que por mais popular que você se torne, são os seus amigos de verdade que vão sempre estar com você, e que as suas atitudes podem ajudar ou afundar uma pessoa.

Muitos vão questionar o livro por ter cunho religioso, mas eu venho avisa-los que não é só a religião que é passada nessa obra. Ela vem como forma de alerta e aprendizado e eu acredito que todos deveriam ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário