Páginas

domingo, 2 de abril de 2017

Revolução Moral

Por Ingrid Moreira

Será que a quebra de paradigmas é realmente uma revolução?  E se tivéssemos uma revolução dessa revolução? Algo para quebrar o que foi quebrado, sua mente bugou? Pois é, a minha também!

Logo de cara, eu aviso esse é um livro religioso, mas eu achei a abordagem do tema interessante e por isso quis compartilhar com vocês.

A obra de Kris e Jason Valloton,  aborda o tema sexualidade,  como uma forma valorização da virgindade, e também da importância dela em um relacionamento. O livro não vem em forma de critica, ele vem como uma forma de mostrar algumas formas de valorizarmos esse tema tão impactante na vida dos jovens.

“qualquer um pode dar algo caro para alguém, mas somente os que entendem o que é um sacrifício podem dar algo verdadeiramente valioso.”

Um dos pontos altos do livro é a parábola do anel, e que através de metáforas, nos é mostrado  de forma tradicional a importância  da pureza até o casamento e a valorização do amor.  

No decorrer do livro, somos questionados da seguinte forma:
Pureza e aliança, hoje ainda são consideradas como algo duradouro ou apenas passageiro? 

Como um livro didático e de linguagem simples, Revolução Moral, foi criado para ser uma espécie de tira duvidas para aqueles que querem aprender um pouco mais sobre o tema e/ou que têm vergonha de falar com seu pais. 

“Não deixe que seu passado dite o seu futuro.”

Lembre-se que ao ler esse livro vocês não são obrigados a concordar com tudo. Afinal, todos têm opiniões difusas como inúmeros temas e não apenas com esse. E isso não quer dizer que você está mais certo ou mais errado, apenas demonstra que todos temos nossas próprias convicções. 

Só porque você vai ler esse livro não quer dizer que irá concordar com tudo – já que em poucos tópicos eu fiquei com um pé atrás, porém eu gosto de seguir meu lema para tudo que leio e assisto: retire as coisas boas e aprenda com elas, aquilo que não te acrescenta apenas descarte.


Nenhum comentário:

Postar um comentário