Páginas

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Tudo ou Nada

Por: Débora Farias




Este é o terceiro e último volume da volume da série Para Salvar uma Vida, então se você ainda não leu os livros e não quer levar spoilers, sugiro que saia daqui correndo ou clique nas resenhas aqui: Para Salvar uma vida e  A Escolha de Jake 

Cientes disso, vamos agora contar o que vai rolar no final da história de Amy e Jake em Tudo ou Nada.

A distancia entre a faculdade de Jake a cidade que moravam era muita grande e essa separação não fez muito bem para Jake e Amy, o casal que antes era muito unido não terminou muito bem no livro anterior. Jake fez coisas que feriram e muito Amy, o que a fizeram se determinar a esquecê-lo em definitivo e a quem sabe tentar amar novamente.

Nas férias de verão Jake retorna a Oceanside com um único objetivo rever Amy e consertar as coisas, o que ele não esperava era encontra-la tão rápido – no primeiro dia dele na cidade – e namorando, o que Jake não sabe e Amy não vai contar (Adorei isso!) é que ela não está vivendo o sonho da Disney com seu namorado Steven, eles estão com problemas, mas ela nunca vai admitir isso para o Jake (Girl Power).

Durante todo o verão Jake fará de tudo para demonstrar a Amy que é uma nova pessoa e que se arrepende de tudo que a fez passar, mas até o fim do verão Amy nada decide e continua com Steven.

Ao retornarem a faculdade, Jake ainda espera pelo perdão e uma chance de ter Amy de volta, enquanto Amy tem uma balança nas mãos onde ela tem seu coração e seu desejo de perdoar Jake  e lhe dar uma nova chance ou simplesmente o esquecer de vez e investir em seu relacionamento com Steven.
Tudo ou Nada nos mostra que às vezes precisamos dar ouvidos a nossa fé e ao nosso coração, enfrentando inúmeras vezes até mesmo a nossa própria razão para buscarmos nossa felicidade.

Fechar uma série é sempre difícil, é doloroso se despedir dos personagens, mas o mais importante para mim como leitora é que a mensagem do livro fique comigo. E com essa série não foi diferente, a mensagem dela grudou na minha mente e me fez questionar muitas coisas. Essa série fala de fé, fala de perdão, fala de amor e fala de redenção.

Até que ponto você pode ir para salvar uma vida? Você assumiria a responsabilidade por todas as suas escolhas? Seria capaz de perdoar a quem te ofendeu? Seria capaz de dar uma segunda chance para amar? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário