Páginas

domingo, 16 de julho de 2017

Única Filha

Por: Ingrid Moreira


Aposto que você já viu vários filmes assim, não é? Pessoas desaparecidas, detetives tentando encontrar a vítima e o criminoso surreal... Pensaram em vários filmes, né? Aposto que sim. Agora imaginem que a vítima desaparecida é de repente substituída.

Sinistro não acham? Vem saber sobre essa história bizarra e incrível no livro Única Filha.

Já ouviu aquela história de que todo mundo pode ter um sósia? Pois é, em Única filha veremos uma jovem desesperada por um refugio, e que como solução decide se passar por Rebecca Winter – desaparecida em 2003 quando tinha 16 anos – fugindo de uma possível prisão e ganhando uma nova “vida” ao assumir a de Becca.

É claro que ao assumir o lugar de Becca, ela terá que lidar com o presente e passado da garota, além de ganhar um investigador na sua cola tentando descobrir onde ela esteve todo esse tempo e quem foi o culpado por seu sumiço.

E ainda tem mais! Com a nova vida, novos pais, irmãos, amigos, casa ela terá que assumir todo o legado deixado pela menina, acreditando ter a chance de ser feliz e fugir de seus problemas. Mas o passado que assumiu pode está mais perto e ser assustador do que ela imagina.

Na obra escrita por Anna Snoekstra, somos transportados a dois períodos – 2003, o ponto de ignição dos passos de Becca antes de seu desparecimento e 2014 com uma impostora tentando se adequar a nova rotina,  na tentativa de se tornar parte da família enquanto cria artimanhas para fugir da investigação sobre o desaparecimento.

O maravilhoso de tudo é que no passar das páginas somos bombardeados com tantas informações que não percebemos as dicas deixadas pela autora sobre o final, vamos devorando o livro rapidamente e ficamos tão alucinados com o crescimento do suspense, que sem perceber estamos desesperados para chegar ao final e descobrir quem é o culpado, o que aconteceu com Becca e o que será da impostora.

Uma história que mexe com seu psicológico e que te deixa de boca aberta, um thriller que te enche de perguntas e te faz pensar em tudo o que aconteceu com essas duas mulheres, em como uma conseguiu entrar na vida da outra, como a família de Becca aceitou essa substituição, e como toda essa situação é resolvida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário