quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Corpo





Esse livro foi uma cortesia enviada a nós pela editora Verus, e eu preciso dizer: Verus vocês foram responsáveis por acordar meus vizinhos, tais eram os meus gritos de felicidade. HAHAHA Obrigada, mesmo! ♥

Mas agora vamos falar do livro?

O Corpo é o primeiro volume da série de livros Trinity. E nele, somos apresentados à história de Gillian e Chase.

Gillian é uma sobrevivente. Em seus 24 anos nossa heroína, sobreviveu à violência doméstica e a um relacionamento doentio e abusivo. Cheia de traumas Gigi não desistiu de viver, junto a suas melhores amigas, ou melhor, suas irmãs de alma, ela conseguiu vencer e hoje é uma das principais funcionárias na fundação de apoio a mulheres que sofreram violência - fundação essa que salvou sua vida.

Do outro lado temos Chase Davis, um bilionário, filantropo, carinhoso, lindo e aparentemente perfeito, não é? Errado! Todos nós temos fantasmas e marcas profundas. E sinto informa-los que com Chase não é diferente, as marcas dele o tornaram quem é hoje.

Nossos protagonistas se encontram pela primeira vez num bar de hotel, onde conseguiram vivenciar uma prévia da atração palpável que ambos sentiam. O que não esperavam era que a mesma fundação que salvou Gillian a uniria a Chase, já que nosso garoto é o presidente do conselho da fundação que ela trabalha.  Destino? Não sei, mas que esses dois têm uma química sinistra isso tem!

Depois de muito relutar Gillian decide abrir seu coração novamente para ser feliz. E Chase se permite amar intensamente novamente, mesmo com seus próprios demônios do passado.  

Nosso casal amadurece em muitos aspectos no desenrolar do livro, aprendem a confiar, a amar e a respeitar o outro. A estrutura do nosso casal maravilha começa a trincar quando um perseguidor BIZARRO passa a enviar presentes macabros e mensagens piores ainda para Gillian. E você termina o livro tipo: QUEM DIABOS É ESSE? COMO NOSSO CASAL VAI SOBREVIVER A ISSO? 

A forma de escrita da Audrey funciona diferente comigo, eu não engato na leitura logo de cara, a história sempre me ganha só depois de uns capítulos e com O Corpo não foi diferente. 

Durante a leitura é possível sentir referencias de outros livros em nossos personagens, mas mesmo assim, não perdem seu brilho próprio. Em alguns momentos, confesso que quis bater em Gillian para que ela tivesse pulso firme com Chase, que acha que todo o problema se resolve com dinheiro e com suas ordens. Ele é controlador a sua maneira, isso sem contar com o fato de ser super protetor, mas incrivelmente, gostei dele. 

Meu ponto alto do livro, foram as irmãs de alma da Gigi. JESUS! Todo mundo precisa de irmãs como essas! JURO! Simplesmente incríveis!

Em O Corpo temos uma dose de tudo que gostamos: amor, autoconhecimento, sexo e TRETAAAS!! SIM MUITAS!!

E quanto ao nosso perseguidor: eu já tenho minhas suspeitas, mas não vou contar. Só deixo um conselho: CORRAM PRA PEGAR O PRÓXIMO VOLUMEE!







Nenhum comentário:

Postar um comentário