terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Marley & Eu



Como não amar um livro com cachorro? Sou apaixonada por essas coisinhas fofas, barulhentas e que adoram nos enlouquecer. Ao ler a história de um labrador babão, que foi expulso da escola de adestramento e que adora fazer a casa virar um caos, foi amor à primeira vista! Me fazendo dar boas risadas e me encantar com esse livro!
John e Jenny são jornalistas que levam uma vida tranquila após o casamento, porém quando John dá uma planta de presente à esposa e ela não consegue mantê-la viva, Jenny começa a se desesperar, pois se não consegue cuidar de uma planta como será quando tiver filhos? Então ela tem a brilhante ideia de ter um cachorro!
“E agora aqui estava ela, de algum modo fazendo um salto cósmico de lógica, de uma flora morta em um vaso, a uma fauna viva em um anúncio classificado de animais de estimação. Mate uma planta, compre um cachorrinho. Bem, claro, parecia bem lógico.”
Após decidirem comprar um labrador e dar o nome de Marley, o casal se sente feliz e satisfeito com o novo membro da família. Mas eles mal poderiam imaginar que o leal cão poderia ser um animal desordeiro e insano!
Marley & Eu é um livro baseado em fatos reais que irá contar como um animal hiperativo e com medo de tempestades pode mudar a vida de uma família e como sem ele nada seria o mesmo! O pior cão do mundo (e o mais amoroso de todos) irá participar dos momentos mais felizes e tristes dessa família, passando por todas as situações, como a perda de um bebê e a chegada de outro, a crise pós-parto de Jenny, a mudança para uma nova casa e o crescimento dessa família.
Entre risos e algumas lágrimas, esse livro faz você entender como um animal pode tornar sua vida mais completa, e irá lembrá-lo que os melhores momentos são aqueles que muitos não dão valor.
“minha motivação não era virar um autor publicado, mas, sim, capturar o que hoje percebo ser um momento mágico da minha vida: os trezes anos que convivi com Marley. Fui levado a registrar isso no papel; capturar, congelar o tempo, antes que desaparecesse como o orvalho da manhã. À medida que eu escrevia, gradualmente percebia que a minha história não era somente a de um cachorro, ou mesmo de um casal e seu cão. Minha história era de uma família em formação.”
Agora falando da edição comemorativa que saiu ano passado pela Harper Collins, como não surtar com essa fofura... gente essa capa é simplesmente linda! Com capa dura e aquele laço e fita vermelha, nos dá uma ótima sugestão para um presente de fim de ano, além dos detalhes nas páginas e várias fotos de momentos cômicos de Marley (o verdadeiro), com uma introdução especial do autor para os fãs brasileiros.
Uma dica, se o vendedor fala que um cachorro está mais barato que os demais desconfiem, pois o cão de liquidação pode vir com algum defeito! Hahahaha. Só digo uma coisa, se você não leu está perdendo a oportunidade de conhecer a história mais maravilhosa de todas! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário