terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Além Da Magia






"E Alice escolheria amar a si mesma, diferente e extraordinária como era, todos os dias da semana"

Quando eu recebi esse livro, simplesmente pulei de tão feliz que fiquei e com certeza deixei algumas pessoas surdas também. Nós estamos cheios de "amores à primeira vista" quando se trata dos livros e "Além da magia" é o meu mais novo amor à primeira leitura. 

Ele conta a história de Alice Alexis Queensmeadow, que está prestes a completar doze anos e vive em Ferenwood, uma cidade extraordinariamente peculiar, pois é cheia de magia e cor. Essas duas coisas eram muito importantes. Os moradores de Ferenwood vivem de magia, são feitos de magia, eles existem por causa da magia de sua cidade. Porém, apesar de Alice ter nascido e ter um coração de Ferenwood, ela nasceu sem cor, com a pele bem branca e cabelos cor de leite. E isso era uma grande tristeza pra ela e também uma motivação. 

Um dia, três anos atrás, o pai de Alice - que fazia mapas - saiu da cidade e nunca mais voltou. Dizem que ele foi embora apenas com uma régua na mão, e tudo o que a pobre Alice mais quer é trazer o seu pai de volta, fazer com que a mãe volte a ser boa com ela e ser reconhecida como parte de Frenwood. 

Aqui entra um ponto importante em toda a história da pequena Alice: A entrega dos Talentos. Todo ano, as crianças que completam doze anos naquele determinado ano entregam seus talentos - ou dons - em um festival no primeiro dia da primavera, e recebem um desafio dos Anciãos da cidade. E esse era finalmente o ano dela. Porém, dias antes da entrega, Oliver Newbanks (quem, aliás, Alice detesta) apareceu novamente na vida dela lhe pedindo ajuda com a tarefa que ele recebeu no ano anterior e não havia conseguido finalizar. A partir disso, tudo pode ser diferente para Alice e a aventura começa.

Encantador: essa é a palavra que eu usaria pra descrever esse livro. Eu simplesmente fiquei assim, encantada. Apaixonada por cada cantinho de Ferenwood e dos lugares que Tahereh Mafi criou. Essa não é uma história 100% feliz, já que é uma grande aventura estar dentro do mundo de “Além de magia”. Essa é uma narrativa que fala de amizade, inocência e magia, muita magia. Apesar de ser voltado para o público infanto-juvenil, tem também reflexões que valem para todas as idades. 

O livro tem um narrador observador e que conversa o tempo inteiro com o leitor, o que eu achei em certos momentos desnecessário, mas, mesmo assim, divertido. 

Agora, sabem quando você se encanta por um livro apenas por olhar para a capa e ver o quão linda ela pode ser? Eu sei que sabem. Só que o bom desse livro é que não tem somente uma capa linda, tem também uma diagramação maravilhosa e a história? Ah, essa nem se fala..  




Nenhum comentário:

Postar um comentário