sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

P.S. Eu Te Amo


“Encontrar alguém que amamos e sermos amados é um sentimento maravilhoso. Mas encontrar uma alma gêmea é um sentimento ainda melhor. Uma alma gêmea é alguém que entende você como nenhuma outra pessoa, que ama você como ninguém, que estará ao seu lado para sempre, independentemente do que aconteça. Dizem que nada dura para sempre, mas acredito firmemente que, na verdade, para algumas pessoas, o amor continua vivo depois da morte.”

O luto nunca é uma coisa fácil de lidar, as pessoas sempre acham que após uns dias tudo deve seguir seu curso, mas nem sempre é assim. Sentir a dor da perda é uma coisa complicada e ainda mais difícil é aceitar de fato ela.  

No livro de hoje vamos conhecer Holly e Gerry um casal lindo e apaixonado, que foi traído pela vida, afinal ninguém está pronto para dizer adeus. Sejam bem-vindos a um dos romances mais sensíveis que já li P.S Eu te Amo.


Holly e Gerry são um casal típico de contos de fadas, namorados desde adolescentes, eles se casaram e construíram uma vida linda e solida, cheia de devoção e amor por mais de quinze anos. A vida deles muda drasticamente quando Gerry descobre um tumor na cabeça em grau avançado e não consegue resistir. Holly que vivia para seu casamento se vê perdida e desamparada sem o amor da sua vida. E é nesse desalento que encontramos Holly em depressão. 

Nossa Débora, não tem amis nada mais mórbido e triste não? Gente relaxa! Que vem coisa por ai 

A vida de Holly começa a mudar após um telefonema de sua mãe para uma entrega de um pacote digamos “misterioso” endereçado a ela. Ao abrir o pacote o que nossa garota não esperava era encontrar pequenas gotas de consolo em formato de cartas. Intituladas de A Lista, são 10 cartas escritas por Gerry com vários afazeres para Holly, cada carta corresponde a um mês, então ela tem 10 meses a mais com Gerry, só que com um porém: cada mês é um novo desafio para que Holly aprenda de novo a viver. 

Só um aviso: separem os lencinhos, porque a cada mês presenciaremos não só os afazeres de Holly, mas os melhores momentos da vida desses dois, por meio de lembranças.

No decorrer da leitura é impossível não se emocionar e amar esses dois, Holly com a ajuda de sua família bagunceira e seus amigos começara uma jornada que é praticamente só dela, a de aceitação. 

Em P.S. Eu te amo, Cecelia Ahern te mostra que amar alguém é a coisa mais simples e linda que já existiu. Mas ela te mostra também que existir sem aquele que amamos por mais difícil que possa parecer no início, não é impossível. 
A saudade fica, os bons momentos também, o amor sempre. Mas a vida segue seu rumo e é possível se encontrar a luz e a felicidade nela.

Se eu indico esse livro? Sim! Mil vezes SIM! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário