segunda-feira, 23 de abril de 2018

Como Se Vingar De Um Cretino




Aviso aos navegantes: Esse livro não é para corações fracos. São muitas reviravoltas em um livro só e por isso, se preparem.
"Independentemente de quão altas fossem as apostas, permaneceria nesse jogo até o fim."
Aviso 2: Nunca se deve brincar com fogo se você sabe que pode se queimar.
Que livro gostoso de ler!

Lady Georgiana Halley é uma garota linda, de língua ferina e afortunada. Até ai tranquilo né? Mas, aos seus 24 anos Georgie é considerada uma solteirona, mas que ainda é muito cobiçada por sua fortuna na sociedade londrina. O motivo que todos acreditam que nossa mocinha não se casou foi por causa de uma aposta feita há seis anos atrás entre Visconde de Dare e alguns rapazes, para a sociedade local, o beijo entregue não a desgraçaria totalmente, afinal ela e sua fortuna poderiam apagar essa mácula em sua reputação. Entretannto, Georgie entregou bem mais que um beijo, ela se doou e entregou seu coração. E o resultado final foi doloroso.
Tristan Carroway, o Visconde de Dare, é um homem de 30 anos desesperado. Mas como assim? Após a morte de seu pai, Tristan é obrigado a assumir os deveres e responsabilidades que o nome Dare carrega, dentre eles o sustento de sua família. Até aí fácil né? Não, o grande problema é que eles estão totalmente falidos, quebrados, e somente se casando com uma jovem rica ele poderia salvar sua família da desgraça. E com esse desespero que Tristan resolve cortejar a senhorita Amelia Johns - que  eu odeio de todo meu lindo coração.
E é nesse momento que começamos o caos mais fofo da vida!
Após saber que Dare está de olho em Amelia, Georgie acredita que precisa defender a menina de um homem grosseiro e perverso e é com essa ideia que ela decide que Dare precisa de uma lição. Afinal, pelo menos ele faria o correto e seria um bom esposo para alguém.  O que ela não esperava é que também aprenderia uma: que as pessoas mudam.
Com uma desculpa "aceitável" Georgiana e Dare passam a dividir o mesmo teto e é ai que o bicho pega. Eles brigam a cada segundo e se surpreendem a cada segundo um com o outro. É divertido e delicioso ver esses dois se encantarem e aprenderem um com o outro.
Tratar de temas como vingança, confiança e amor parecem bem batidos certo? Nem tanto, a autora soube dosar cada um desses temas. Como a vingança pode parecer letal, mas se você estiver ligada ao seu alvo ela pode ser cruel aos dois lados. Como confiança se conquista dia a dia em ações e atitudes. E principalmente que se apaixonar não é errado, é natural, e ninguém pode se culpar por amar.
Com um mix de romance, humor ácido e muita, mais muita confusão Suzanne Enoch nos envolve nessa trama de tal forma que é impossível largar. Com uma escrita fluida, porém de forma mais rebuscada – se  adequando a linguagem da época – a autora nos torna uma personagem no meio do todo esse caos, em alguns momentos sendo um dos irmãos de Tristan, ou uma das melhores amigas de Georgie ou até uma das Tias de ambos. E eu amei isso! Gosto de ser próxima do personagem a ponto de me sentir uma parte pequena, mas importante na vida dele.
Preciso admitir que adorei o humor ácido de Suzanne, principalmente num certo capitulo 13 que me fez dar altas gargalhadas! Ah, eu também preciso dizer que a autora me ganhou no primeiro capitulo com um quote de Shakespeare.
E Eu contei pra vocês?? É SÉRIE MEU POVO!! E VAI TER MUITO ROMANCE DE ÉPOCA VINDO POR AII!! OBRIGADA, HARLEQUIN POR ESSE PRESENTE INCRÍVEL AS LEITORAS!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário