terça-feira, 10 de abril de 2018

Últimas mensagens Recebidas





Seguindo a linha de “Cartas secretas jamais enviadas”, Emily Trunko nos trouxe o segundo livro da duologia mais linda que eu já li: Últimas mensagens recebidas é o livro que eu vou falar na resenha de hoje.

“Este livro é dedicado a qualquer pessoa que já recebeu uma última mensagem na vida. Que estas frases possam lhe mostrar que você não está só.”

Assim como o primeiro livro, “Últimas mensagens recebidas”, surgiu a partir de mais um blog administrado pela Emily, o The Last Message Received, que segue a mesma dinâmica de recebimento e postagem de mensagens que as pessoas querem mostrar, como o Dear my Blank, além de contar sobre as histórias que habitam por trás de cada uma delas.

No livro, nós podemos ler algumas dessas mensagens enviadas, junto com as suas respectivas histórias. E gente, é cada história!

Mensagens de términos de namoro, amizades desfeitas, despedidas antes de suicídios, e últimas mensagens antes de grandes tragédias. O livro é um conjunto de momentos de adeus, alguns conscientes e outros não, mas todos extremamente fortes.

Mais uma vez a ideia por trás disso tudo é ajudar. Compartilhar histórias e fazer com que as pessoas que tirem um pouco do seu tempo para ler essas mensagens, não se sintam sozinhas na jornada que estiverem passando, para que elas saibam outras pessoas no mundo, podem estar passando ou terem passado por problemas parecidos.

“O.K., você provavelmente não está interessada em saber e peço desculpas pelo incômodo, mas o seu blog salvou minha vida, literalmente. Sempre que me sinto pra baixo a ponto de querer me machucar, passo aqui e vejo que não quero que minha família tenha que refletir sobre a ultima coisa que eu disse. É por isso que ainda estou aqui, porque todos que compartilharam suas mensagens me fizeram perceber como seria egoísta da minha parte fazer isso. Obrigada por me ajudar a perceber que, embora eu esteja me sentindo sozinha agora, algumas pessoas realmente sentiriam minha falta.”

Depois de ter lido tantos depoimentos de pessoas diferentes, é até difícil falar desse livro sem se emocionar. Conhecer momentos de tristeza e sofrimento de pessoas que você não conhece e nem faz ideia de quem são... Você não imagina o impacto que isso pode ter na sua vida.

Acho sinceramente que todo mundo deveria ler essa duologia.



Nenhum comentário:

Postar um comentário