quarta-feira, 20 de junho de 2018

Heróis De Novigrath





“Guardar os verdadeiros sentimentos para si nunca faz bem. Uma pessoa tem que ser livres para fazer suas escolhas, para cometer os próprios erros.”

A maior certeza que eu tive quando recebi o livro “Heróis de Novigrath” era que seria uma aventura incrível, e adivinhem? Eu não estava errada. A escritora paraense Roberta Spindler magicamente transportou todo o universo dos eSports para as páginas do seu livro com maestria,  junto com tantas referências que fizeram parte da minha infância e adolescência e sem dúvida eu AMEI isso.

A história aqui tem a essência conhecida por muitos de nós, porém a grande novidade está talvez na forma que Roberta deu a tudo, apesar de conhecida ela é também muito diferente do que estamos acostumados.

Heróis de Novigrath é uma jogo online do tipo MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) onde duas equipes de cinco jogadores batalham entre si com um objetivo de destruir a torre principal da equipe inimiga. E como na nossa realidade, esse esporte pode simplesmente te levar as alturas como um jogador incrível mas um único erro pode transformar você em “nada”, e é nessa situação que Pedro Gonçalves – ou EpicShot – se encontra, depois de conquistar uma carreira no mínimo considerada promissora em Heróis de Novigrath. Agora, ele trabalha em uma empresa de fast food e vive dos streamings que faz das suas partidas, porém em uma noite que aparentemente acabaria normal, ele recebe a visita de uma pessoa, ou melhor, do personagem que ele menos poderia esperar. Yeng Xiao; o Lanceiro, é o seu avatar principal no jogo e estava ali na sua frente lhe convocando para a batalha da sua vida.

O que vocês fariam se de repente o Mario aparecesse na sua sala e te pedisse ajuda para salvar a princesa Peach?

A missão de Pedro era simplesmente encontrar e liderar uma equipe de jogadores que fossem fortes e destemidos para salvar o nosso mundo das garras dos Filhos de Asgorth, que eram a facção do mal no jogo, além de também personagens jogáveis.

O fato era que o nosso mundo e o mundo do jogo estava se misturando depois de quinze anos de coexistência, e isso poderia ser perigoso. É a partir dai que Samara, Aline, Cristiano, Pietro e Adriano se juntam a Pedro no time “Vira-Latas”.

Os personagens do livro são todos muito diferentes uns dos outros, e cada característica deles é uma parte importante para a equipe no todo e a escrita fluida e detalhada da autora foi um brinde a imaginação dessa humilde leitora. Cada cenário e cada momento era vívido na minha mente como se eu fizesse parte de cada batalha e cada conversa, e também do crescimento dos personagens.

Heróis de Novigrath não é só um ótimo livro de aventura nerd como também uma forma de se conhecer melhor sobre o mundo dos esportes eletrônicos e todas as dificuldades que cercam esse universo.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário