segunda-feira, 5 de novembro de 2018

A Garota do Calendário - Novembro





“Todo dia eu me surpreendia com o quanto amava minha vida e como minha sorte tinha mudado de forma exponencial desde que eu começara a minha jornada, quase um ano antes.”

Como Novembro chegou lindo, meu povo! Que mês! 
Começar essa resenha já está me dando um mix de muitas coisas, alegrias, aprendizados, amores e principalmente já tem me deixado com saudades.

Em “A Garota do Calendário – Novembro”, teremos a nossa garota como ela nasceu pra ser e estar, feliz! Sim, ela finalmente começa a respirar feliz. E isso nos deixa com vontade de abraça-la e dizer: "Arrasou, garota!" *Orgulhinho de fã* mas vamos a resenha né?
Em Novembro, Mia está viajando a para Nova York a trabalho, mas não se enganem, ela não esta indo pra acompanhar alguém, ela esta indo para comandar seu próprio trabalho, e o mais legal dessa vez ela que tem uma companhia que será mais que fixa! Como todos sabem, aqui nós não trabalhamos com spoilers, mas eu preciso dizer que isso tem haver com um tal carinha fofo de Mallibu.

Mas voltando, para quem não lembra nossa garota agora se tornou uma estrela mais brilhante do que ela já era. Mia agora é apresentadora de um quadro na televisão. CHIQUEEE!! E é por causa desse novo job que veremos muitos rostinhos conhecidos que nós - fãs loucos - estávamos com saudades.
Com um foco especial no Dia de Ação de Graças, o quadro de Mia falará muito sobre gratidão, e eu não poderia ter amado mais o tema! Através deste mês ela entrevistará alguns de seus novos amigos - quem ela conheceu ao longo dessa jornada - e são eles: Mason, Mace, Murphy e Latin Lov-ah vulgo, Anton Santiago.
AAAAAAAAAAAAAH QUE SAUDADES QUE EU TAVA DESSE POVO!!
Confesso que eu amei muito esse livro, foi lindo ver nossa Mia tão feliz e tão realizada, foi incrível ver como a relação dela com o surfista que faz filmes está cada vez mais forte.
E eu preciso dizer que a Audrey arrasou na escolha de quem veríamos pra matar um pouco a saudades! Foi incrível saber sobre o futuro de Anton e de Mason. E meu coração de fã está muito grato. Ponto pra Audrey!
Mas eu acho que o que superou todas as expectativas foram presenciarmos o Dia de Ação de Graças da nossa garota com sua família, e ver a relação dela com os irmãos e sobrinhos foi fantástico, e muito doce! E eu preciso dizer que lindo presente foi esse final de livro hein! Definitivamente, um presente que ficará marcado pra sempre na vida da nossa garota.
Amei muito Novembro e todas as emoções que ele trouxe para nós, leitores, mas o que adorei foi o fato de que ele de alguma forma me fez refletir muito nesse fim de ano "O que eu sou grata?" E acreditem, sou grata a muitas coisas e esse ano tem sido fantástico não só para a Mia, como para mim também.
Bem, eu não posso me estender mais senão eu conto tudo para vocês e o livro perde a graça. Então corram pra ler logo, porque esse fim de série está cada vez mais emocionante. E eu encerro aqui pedindo aos céus que Novembro passe voando para chegarmos a Dezembro!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário