segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Desejo e Escândalo






"Beijá-la foi a melhor decisão que ele já tinha tomado na vida.
Beijá-la foi a pior decisão que ele já tinha tomado na vida."

Todo mundo que convive um pouco de tempo comigo sabe do meu apego a livros que tenham tretas. Eu gosto de livros que tenha uma história lotada de tiro porrada e bomba e principalmente sentido. E esse livro tem isso e muito mais!

Na linda Londres de 1871 conhecemos o senhor Mick Trewlove, um homem de aparência dura que conquistou toda sua fortuna e posição com o suor de seu rosto. Admirável, não? Seria se ele não fosse considerado um pária da sociedade por conta de sua origem. Mick mesmo com todo seu dinheiro e todo seu conhecimento, ainda era um bastardo.
Mas como assim bastardo?
No século XIX era muito comum que os senhores de posses (duques, condes, lordes e etc.) deixassem seus "fardos" ou seus "frutos do pecado" na porta das casas de jovens viúvas que recebiam uma quantia para resolver o "problema". Na época era comum que esses bebês fossem mortos, mas por sorte, Mick foi um sobrevivente desde que nasceu de sua mãe. Mas mesmo com todo o carinho de sua mãe de criação, ele nunca esqueceu de onde veio e qual deveria ser seu lugar no mundo, e é por isso que ele planeja conquistar seu reconhecimento mesmo que seja por maneiras tortas.
Do outro lado temos a doce Lady Aslyn, uma jovem que tem sua vida "traçada" desde pequena. Logo após a morte de seus pais - quando ainda era criança - ela foi enviada a morar com o duque e a duquesa de Hendley, onde fora criada em uma redoma de cristal longe de todos os perigos do mundo e permanecendo de certa forma, "prometida" para casamento com Kipwick, filho dos duques.
OK, mas se a vida da mocinha já está definida como Mick vai entrar na história?
Uma noite no parque. Um espetáculo de fogos e uma troca de olhares, bastaram para vida desses dois entrarem em um imenso furacão e se descobrirem.
Com um enredo mega treteiro e uma escrita fluida, Lorraine Heath nos envolve na trama de tal forma que não conseguimos parar de ler. Durante a leitura é possível sentir que houve uma pesquisa minuciosa sobre os bastardos do seculo XIX, e isso já foi um mega ponto pra mim, quanto leitora.
Lorraine ganhou muitos pontos comigo ao criar uma penca de personagens e não deixa-los apenas como números. Ela não apenas deu vida a eles mas fez de cada um personagens fantásticos, trazendo ao leitor o desejo de se tornar amigo dessas pessoas loucas e maravilhosas.
"Desejo e Escândalo" não é apenas um romance comum, com a mesma história padrão de sempre – mocinha e vilão. Ele traz temáticas fortes e importantes não só para aquela época, mas para essa também, como: abandono, preconceito, ganância, vícios, mas também amor, respeito e caridade.
Eu indico esse livro para todo mundo! É um livro gostoso de ler, lotado de tretas e ainda te ajuda a refletir sobre temas tão arcaicos e ao mesmo tempo tão atuais enraizados em nossa sociedade. O melhor dos mundos não?
Ah! E eu preciso já avisa-los que o plot twist desse livro te deixa de queixo caido, então preparem os corações, ok?



Nenhum comentário:

Postar um comentário