quarta-feira, 22 de maio de 2019

Finale



Eu sou o tipo de pessoa que não sabe se despedir de nada na minha vida e com livros é a mesma história. E é com um misto de saudades, alegria e muito amor que eu apresento a vocês o último  capítulo da série mais bombada de anjos caídos da minha adolescência: Hush Hush - Finale.

Ah! E um aviso super importante, spoilers podem surgir aqui e se você ainda não leu, recomendo clicar nas resenhas anteriores aqui: Sussurro, Crescendo, e Silêncio. Agora sem mais enrolação, vamos à resenha. 

“Sei que não posso sentir seu toque, mas sinto seu amor, Nora. Lá no fundo. Isso significa tudo para mim.”

Finale continua exatamente do ponto final de Silêncio e nossa Nora Grey agora não é apenas uma adolescente comum, já que após seu juramento, ela agora é a líder dos Nephilins, a filha do Mão Negra e precisa cumprir seu legado. Deve destruir os anjos caídos e buscar a libertação dos seus. O único problema é: ela namora um anjo caído, né?

O relacionamento de Nora e Patch está como eu sonhava: sólido e maduro. Finalmente eles estavam realmente juntos, não apenas na pegação, enfrentando os problemas - e que problemas, hein - , como um verdadeiro casal. 

“Coloquei minha mão na dele, notando como sua pele parecia fria. Ele também estava quase imóvel, como se estivesse se preparando para o pior. - Ou estou nisso com você, ou estou fora - disse a ele, e estava sendo absolutamente sincera.”

E falando em problemas, nem sei qual dos dois tá com o pior!

De um lado temos Nora, que precisa assumir sua posição de líder dos Nephilins e cumprir com seu legado, senão sua mãe e ela própria morrem. Mas, lutar significa perder Path e isso é um preço alto demais. 

Do outro temos Path lidando com um Arcanjo que funciona da seguinte forma: "Ou você me ajuda, ou a Nora pode sofrer alguns acidentes". SINISTRO. E enquanto isso rola, ele ainda precisa  saber o que anda acontecendo no mundo dos Anjos Caídos e tentar convencê-los de evitarem a guerra.

E nesse enrosco todo ainda temos um personagem novo, Dante Materazzi, o braço direito do Mão Negra e, no caso, o mais novo braço direito de Nora e o novo namorado fake dela. Oi? Como assim, produção? Vou resumir, ok?

Nora precisa conquistar a confiança dos Nephilins e ao mesmo tempo precisa  aprender a controlar seus novos poderes de Nephilim. E é nesse momento que Dante entra na jogada como um "Coringa". Eles fingem ser um casal, ela treina com o cara e ainda conquista o respeito dos outros para tentar impedir a guerra eminente. A única parte ruim é ter que fingir que não está mais com o amor da sua vida - nossa vida - Path. 

Mas, a pergunta que fica no ar é: Esse Dante presta? É confiável?

A guerra está às portas, o Chevan se aproxima e será nesse que a libertação dos Nephilins acontecerá, seja por bem ou por mal. E os anjos caídos, que atitudes tomarão?

Finale é  o típico livro que me faz ficar sem unhas - confesso que roí todas! - e chorar. Deus! Como chorei nesse livro!  E não posso deixar de falar que passei muita raiva também! Houveram momentos que eu queria entrar no livro e arrancar uns pescoços, quando lerem vocês vão me entender, juro!

Durante todo o livro somos apresentados a revelações importantes e que nos deixam de queixo caído e desesperados, ao mesmo tempo acompanhando nosso casal sofrer imensamente por tentar ficar juntos, mesmo lutando em lados opostos.

Becca não foi legal com nenhum leitor no momento da guerra, faltaram lágrimas e chocolates pra me acalmarem. Mas, é impossível não parabenizá-la pelo belo trabalho durante toda a série. Houveram seus momentos de lombadas lentas, mas esse definitivamente salvou esses deslizes. Eu confesso que eu queria muitas e muitas páginas a mais nesse romance, queria ter visto cenas que ficaram subentendidas e queria ter visto mais de Patch e Nora, que nos deixam com um gostinho de saudade.

Um ponto alto - e o meu favorito - é uma cena que acontece com os protagonistas que é impossível não chorar pelo surto de fangirl e, principalmente, por estar lendo a alegria desses dois. 

O epílogo que Becca criou nos deixa novamente com um gostinho de quero mais. Mas, em compensação, ela mostrou como alguns personagens secundários, mas muito queridos, terminaram suas jornadas. E isso, para esta leitora, foi um ponto e tanto!

Finalizo esta resenha com apenas um pedido: Leiam! Corram pra ler, se apaixonem por esses dois e passem raiva comigo! 

Ah, e uma dica importante! Teremos filme em breve dessa série incrível, e se você não quiser ficar perdido no cinema, corre em uma livraria e começa pra ontem essa história!



Nenhum comentário:

Postar um comentário